Blog WireMaze

Reuniao  3  1 847 450
2021/11/14

Dividir para conquistar: o caminho para a conquista de confiança

Dividir para conquistar (“Divide et impera” ou “Divide et Vinces”) é um clássico nas estratégias de guerra para enfraquecer e subjugar os povos. O termo, embora já era conhecida na Antiguidade, foi cunhado por Júlio César em seu livro” De Bello Gallico” (Guerra das Gálias), que explicou como a vitória romana na guerra gaulesa era essencialmente uma política de “dividir” seus inimigos, aliar com tribos individuais durante suas disputas com adversários locais.

Neste caso o inimigo é a falta de participação e as dificuldades de comunicação.

Dividir significa separar as reuniões oficiais dos órgãos eleitos, realizando-as em formatos mais pequenos e próximos do cidadão.

Tal como diz o ditado português “Se a montanha não vai a Maomé, vai Maomé à montanha”.

As reuniões públicas descentralizadas são um instrumento de participação que os munícipes têm à disposição para dialogar diretamente com as pessoas que comandam os destinos do concelho. Além de favorecerem a proximidade junto da população, estas reuniões permitem ao presidente e vereadores da Câmara Municipal ouvir, esclarecer e prestar contas da gestão municipal, contribuindo assim para uma democracia local mais participativa.

Lisboa, Caminha, Guimarães, Óbidos, Odemira ou Oleiros são apenas algumas das autarquias que levam a cabo esta prática.

Se em alguns casos estas reuniões têm agendas normais, em outros são dedicadas a ouvir o cidadão, empresa ou coletividade. Em ambos os casos é um momento de partilha de expetativas e esclarecimento público.

Canoas no Brasil inovou realizando estas reuniões em locais menos óbvios como mercados públicos. Os membros do executivo participaram e atenderam os cidadãos que se inscreveram no dia para apresentar os seus problemas.

Odemira realiza reuniões descentralizadas no âmbito do seu orçamento participativo de forma a garantir que todos os cidadãos estão informados e se sentem confortáveis para participar. Em 2021 as reuniões foram em formato digital devido ao COVID-19.

Presencialmente ou através da Internet, ouvir é um passo fundamental para conquistar a confiança dos seus munícipes.

E a confiança é a moeda da economia global.