Blog WireMaze

Avatar lgp comunicacao wiremaze blog 1 847 450
2021/06/01

Avatar LGP – crie um espaço de comunicar com todos os cidadãos

Sabia que 80% dos surdos têm uma educação insuficiente ou problemas de literacia, baixa capacidade oral e condições de vida caóticas?

O ritmo do nosso quotidiano leva-nos a centrar o foco nos nossos problemas diários e, por vezes, esquecemo-nos de olhar para o todo.

A grande questão é: o seu site comunica para TODOS os cidadãos?

A Língua Gestual Portuguesa - LGP, é uma das 3 línguas oficiais de Portugal, sendo que, é através desta que a nossa comunidade surda comunica.

Processa-se com uma série de gestos sistematizados, sendo que a sua captação é puramente visual. Para além dos 30.000 cidadãos que a utilizam no seu dia a dia, envolve também os seus familiares, educadores, professores, técnicos e outros profissionais.

As línguas gestuais, são línguas maternas que se desenvolvem naturalmente, tal como as restantes. Esta língua é composta pelos movimentos das mãos, do corpo e por certas expressões faciais, e a sua receção é visual.

Ao realizar a LGP, o emissor terá uma 'mão dominante', cujo desempenho poderá diferir da 'mão não dominante'. Ao realizar o gesto, este normalmente atende aos 5 parâmetros da LGP:

  • Configuração das mãos;
  • Local de articulação;
  • Movimento das mãos;
  • Orientação das mãos;
  • Componente não manual, com a expressão e movimento corporal.

Contudo, existe a ideia generalizada de que a língua gestual é universal. Está errado! Tal como as línguas orais, como, por exemplo, a língua portuguesa, as línguas gestuais desenvolveram-se naturalmente e cada comunidade possui a sua. Existem assim, a nível mundial, dezenas de línguas gestuais totalmente diferentes.

Por exemplo, no Brasil, onde a língua oral utilizada é o “português”, existe a “Língua Brasileira de Sinais (LIBRA), que é totalmente distinta da Língua Gestual Portuguesa.

Uma das lutas que várias associações têm lidado ao longo dos anos, está relacionada com a inclusão destes cidadãos na nossa comunidade, querendo aumentar a acessibilidade à sua língua materna.

A quantidade de conteúdos que são largados todos os dias na internet, muita dessa informação perde-se para este grupo, pois os sites e as plataformas não estão preparados para esta inclusão.

Se nos focarmos na área institucional das organizações públicas, o cenário não é muito diferente daquele apresentado anteriormente.

Muitas ações são feitas de forma a fomentar no serviço público esta inclusão para os cidadãos surdos. Recentemente, o Serviço Nacional de Saúde dispôs um serviço de atendimento por videoconferência com intérpretes de Língua Gestual Portuguesa para assegurar este serviço junto dos cidadãos.

Esta iniciativa veio ao encontro com o trabalho que temos vindo a desenvolver nos últimos anos com as autarquias locais. No sentido de possuírem uma ferramenta digital que lhes permite traduzir qualquer conteúdo de texto dos seus sites institucionais para Língua Gestual Portuguesa.

Num processo simples e rápido, conseguimos introduzir em qualquer website um avatar, um boneco virtual, personalizável, que vai ser a componente visual do visitante surdo. O mesmo só necessita de selecionar com o rato o texto do site que pretende ver traduzido, carregar no botão Play, e de seguida o “avatar” traduz o texto português para língua gestual portuguesa, com a movimentação dos seus braços, mãos e dedos.

Sem a necessidade de grandes conhecimentos tecnológicos, o utilizador pode traduzir qualquer pedaço de texto que pretenda, desde um cabeçalho, um parágrafo de texto ou um artigo completo.

Siga o exemplo das seguintes autarquias:

 

Faça da inclusão, um pilar importante para a sua sociedade.

Pergunte-nos como 👈