Blog WireMaze

Uraia group picture.2e16d0ba.fill 1200x800 c100 1 847 450
10 Setembro 2018

Valongo é um dos oito exemplos mundiais de boas-práticas no uso de tecnologias SMART

Em maio 2018, decorreu em Bruxelas um workshop com o tema “Uso de Big Data e Open Data para capacitar as cidades e seus cidadãos”, organizado pela Uraia, plataforma de intercâmbio entre cidades inteligentes.

Uraia Citizenship Series apresenta diferentes abordagens de diversas cidades do mundo que estão a alavancar o poder tecnológico para fornecer um serviço público mais eficaz e gerar um impacto positivo na vida dos cidadãos.

67 representantes de várias cidades mundiais apresentaram estratégias e explicaram como os governos locais recorrem a Big data e Open data para governar as cidades. O debate resultou num documento oficial com as principais diretrizes e boas-práticas a servirem de exemplo para os restantes países.

No relatório final destacaram-se oito países, entre os quais Noruega, Nigéria, Bélgica, Estados Unidos, Coreia do Sul, Tunísia, Brasil e Portugal com o projeto “Uma comunidade mais esclarecida, uma comunidade mais participativa” implementado pelo município de Valongo. Apresentam-se iniciativas desenvolvidos em parceria com a WireMaze “OP Jovem” e “TÁ Claro” que promovem uma maior confiança, participação e envolvimento de cidadãos.

O impacto destas iniciativas resulta numa organização mais rigorosa e detalhada de custos, sendo que os processos administrativos se tornaram mais claros e transparentes tanto para os funcionários locais como para os cidadãos. O acesso ilimitado a ficheiros internos permite ver como são geridos os fundos públicos e se os eleitos autárquicos estão focados nas necessidades dos seus munícipes.

A divulgação de boas-práticas e diretrizes a seguir é um estímulo para crescimento das cidades e fortalecimento da sociedade.